Síndrome das raízes redundantes da cauda equina

Mayara Oliveira da Silva, Márcio Luís Duarte, André de Queiroz Pereira da Silva, Lucas Ribeiro dos Santos

Resumo


A síndrome das raízes nervosas redundantes (RNRs) é caracterizada por raízes espinhais serpentiformes, espessadas e tortuosas no espaço subaracnóide do canal da coluna lombar, achado relativamente comum em pacientes sintomáticos com estenose espinhal lombar (EEL)1,2,3,4 Existe a hipótese de que, no momento em que o diagnóstico de RNRs é feito, o distúrbio ocasionado por compressão prolongada já tenha causado danos irreversíveis à raiz atingida, promovendo resultados desfavoráveis em pacientes com EEL sintomáticos com RNRs1 . O presente caso demonstra um homem de 58 anos com dor lombar e irradiação para o membro inferior esquerdo há quatro anos. Refere piora ao deambular, evoluindo com dormência e fraqueza. Ao exame físico o paciente apresenta teste de Lasègue positivo e flexão lombar dolorosa. A ressonância magnética apresenta abaulamento discal com componente extruso em L2-L3 comprimindo as raízes intracanais de L3 e caracterizando a síndrome das RNRs da cauda equina. O tratamento medicamentoso com anti-inflamatório resultou em discreta melhora.

Palavras-chave


Neurologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.