PROPOSTA DE UM PROGRAMA DE PRÁTICA EM GRUPO COMPOSTO POR FISIOTERAPIA, YOGA E MUSICOTERAPIA PARA PACIENTES COM DOENÇA DE PARKINSON

Samuel Geraldi Fragnani, Ana Sofia Kauling de Sousa, Karolini Lima Lopes, Tatyana Nery, Emílio Wener, Poliana Penasso Bezerra

Resumo


Objetivo: Analisar os benefícios da prática em grupo da fisioterapia, yoga e musicoterapia nas variáveis progressão da doença, equilíbrio, mobilidade funcional e independência funcional em pessoas com DP. Métodos: Ensaio clínico não controlado, composto por dez indi- víduos (4 homens e 6 mulheres) com média de idade de 62,6À9,12 anos, tempo médio de evolução da doença de 89,4À39,64 meses e classificados entre os estágios 1 e 3 da escala de Hoehn e Yahr. Os pacientes foram avaliados no início e ao fim de um programa de prá- tica em grupo com frequência semanal única, totalizando 24 sessões, associando a fisioterapia, yoga e musicoterapia. Análises de compa- ração dos momentos pré e pós-intervenção por meio do teste de Wil- coxon (nível de significância de 5%). Resultados: Resultados positivos estatisticamente significantes entre a avaliação pré e pós-intervenção foram verificados na progressão da doença (32,5 vs. 28,11), função cognitiva (25,37 vs. 26,50), equilíbrio (50 vs. 53,7), mobilidade funcio- nal realizando a marcha como tarefa única (12,42 vs. 10,18) e com adição de tarefa cognitiva (16,25 vs. 12,5) e independência funcional (34,5 vs. 39). Conclusão: O programa de prática de grupo aplicado foi benéfico nos desfechos progressão da doença, equilíbrio, mobilidade e independência funcional.


Palavras-chave


Neurologia; Fisioterapia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.