A atenção domiciliar no cuidado ao cliente com artrite reumatóide/The home care at customer care with Rheumatoid Arthrits

Andreisi Carbone Anversa, Juliana Maia Borges, João Altemir Da Silva, Luileni Medianeira Müller Trindade, Roberta Machado Dorneles

Resumo


O presente estudo relata o atendimento a uma usuária com o diagnóstico de Artrite Reumatoide (AR) e as intervenções terapêuticas ocupacionais desenvolvidas por acadêmicos do curso de Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Santa Maria, buscando explanar as potencialidades do contato entre cliente e acadêmico. As práticas foram realizadas por meio de visitas domiciliares, em parceira com uma unidade de saúde do município de Santa Maria, RS. No desenvolvimento das ações, houve a escuta das demandas da cliente e de sua família, sendo as principais: a necessidade de orientações para a realização de transferência e as dificuldades do uso da cadeira de banho. Desse modo, foi elaborado um plano de tratamento que engloba intervenções e atividades que nortearam os atendimentos. Foi observado, a partir dessa vivência, o fortalecimento de uma rede de assistência à saúde, constituída entre Estratégia de Saúde da Família e Universidade, fato que favoreceu o cuidado e a qualidade de vida do sujeito acompanhado. A realidade em que a usuária estava inserida foi considerada durante todo o desenvolvimento das ações.  Portanto, a construção do conhecimento advindo das atividades práticas favoreceu a criação de um pensamento reflexivo e um saber significativo.


Abstract

This study was to describe interventions performed by academics of the Occupational Therapy course of the Federal University of Santa Maria, seeking to explain the potential of the contact between client and academic. The practices were held in partnership with the health unit in the county of Santa Maria, RS, through home visits. The study reports the attendance to the female user with a diagnosis of Rheumatoid Arthritis (RA) and developed occupational therapeutic interventions. There was the listening to the customer's demands and his family; the main ones being, the need for: guidelines for carrying out the transfer and the difficulties of using the shower chair. Thus, was elaborated a treatment plan containing measures and activities that guided the sessions. It was observed from the practices, the strengthening of a health care network, composed of the Family Health Strategy and Academy; wich favored the care and quality of life of the subject. The reality in which the user was inserted was responsible for guiding actions. Therefore, the construction of knowledge from practical activities made students create reflective thinking and meaningful learning.

Keywords: Family Health Strategy; Home Visit; Occupational therapy.


Palavras-chave


Estratégia de Saúde da Família; Terapia Ocupacional; Visita domiciliar.

Texto completo:

PDF

Referências


Sociedade Brasileira de Reumatologia. Artrite Reumatoide: Cartilha para pacientes. São Paulo, SP, 2011. Disponível em: < http://www.reumatologia.com.br/PDFs/Cartilha_artriteReumatoide.pdf>. Acesso em: 22 de novembro de 2016.

Raimundo JS; Cadete MMM. Escuta qualificada e gestão social entre os profissionais de saúde. Acta Paulista de Enfermagem. 2012; 25(2): 61-67.

Cavalcanti A; Silva PG; Assumpção TS. Doenças Reumáticas. In: Cavalcanti A; Galvão C. Terapia Ocupacional: fundamentação e prática. 2ª ed. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan; 2011, p. 238-246.

Rocha FE; Brunello BMI. Avaliação Qualitativa em Terapia Ocupacional: Princípios, Métodos e Técnicas de Coletas de Dados. In: Cavalcanti A; Galvão C. Terapia Ocupacional: fundamentação e prática. 2ª ed. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan; 2011, p. 44 – 48.

Silva VP; Barros DD. Método história oral de vida. Rev Ter. Ocup. Univ. São Paulo. 2010; 21(1): 68-73.

Wada A; Teixeira Neto N; Ferreira MC. Úlceras por pressão. Revista de Medicina. 2010; 89(3): 170-177.

Baloh RW; Ying SH; Jacobson KM. A longitudinal study of gait and balance dysfunction in normal older people. Archives Neurology. 2003; 60(1): p. 835 – 839.

Gomes GAO; Cintra FA: Diogo MJD; Sousa MLR. Comparação entre idosos que sofreram quedas segundo desempenho físico e número de ocorrências. Rev Bras. Fisioterapia. 2009; 13(5): 430 – 437.

Campos GWS. Considerações sobre a arte e a ciência da mudança: revolução das coisas e reforma das pessoas. O caso da saúde. In: Cecílio LCO. Inventando a mudança na saúde. 1ª ed. São Paulo. Editora Hucitec; 1997.

Machado MFAS, Vieira NFC, Silva RM. Compreensão das mudanças comportamentais do usuário no Programa Saúde da Família por meio da participação habilitadora. Ciência & Saúde coletiva. 2007; 15(4): 2133-2143.

Lefevre F. O discurso do sujeito coletivo: uma nova abordagem metodológica em pesquisa qualitativa. 1ª ed. Caxias do Sul. EDUCS; 2000.

Albuquerque VS, Gomes AP, Rexende CHA, Sampaio MX, Dias OV, Lugarinho RM. A Integração Ensino-serviço no Contexto dos Processos de Mudança na Formação Superior dos Profissionais da Saúde. Revista Brasileira de Educação Médica. 2008; 32(3): 356-362.




DOI: https://doi.org/10.47222/2526-3544.rbto15058

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO



Indexado em:

   

           

   Resultado de imagem para REDIB