Avaliação do desempenho ocupacional de paciente queimado pós-alta hospitalar/Assessment of occupational performance of patient burned after discharge

Yngrid Da Cunha Caldas, Iasmin Mayara de Lima de Souza, Karina Lima de Souza, Layse Abreu Gazé, Vitória Régia Viana Baía, Rogéria Pimentel de Araújo Monteiro

Resumo


Introdução: As queimaduras resultam da ação direta ou indireta de calor excessivo, exposição a corrosivos químicos ou radiação, contato com corrente elétrica ou excesso de frio sobre o tecido orgânico. A gravidade da queimadura será diretamente proporcional à intensidade, tempo de exposição e superfície corporal atingida pela ação do agente. Objetivo: Conhecer as repercussões das queimaduras de Membros Superiores (MMSS) sobre o desempenho ocupacional de um indivíduo após a sua alta hospitalar. Métodos: Trata-se de um estudo de caso, que utilizou dados qualitativos e quantitativos de natureza básica, de caráter descritivo, de levantamento e analise de dados. Buscou-se avaliar o nível de dificuldade do paciente para a realização de atividades específica inseridas em algumas áreas de desempenho ocupacional. A pesquisa foi realizada através de aplicação de questionário, elaborado pelas próprias pesquisadoras, escuta familiar e observação direta. Resultados/Discussão: A partir da aplicação do questionário constatou-se grande dificuldade do paciente em diversos aspectos relacionados ao seu cotidiano, destacando-se os que tangem as Atividades de Vida Diária (AVD's), pois em todas as atividades avaliadas atestou-se alterações no desempenho, sendo isto algo significativo, visto que estas são as atividades básicas do cotidiano e de manutenção pessoal. Conclusões: Com os resultados do estudo concluiu-se que, após a alta hospitalar, as limitações físicas e psíquicas causadas pela queimadura diminuem o desempenho ocupacional de quem sofre esse trauma.

 

Abstract

Introduction: Burns result from the direct or indirect action of excessive heat, exposure to chemical corrosives or radiation, contact with electric current or excessive cold on the organic tissue. The severity of the burn will be directly proportional to the intensity, time of exposure and body surface reached by the action of the agent. Objective: To know the repercussions of upper limb burns on the occupational performance of an individual after discharge from the hospital. Methods: This is a case study, which used qualitative and quantitative data of a descriptive character, data collection and analysis. The aim was to evaluate the level of difficulty of the patient to perform specific activities inserted in some areas of occupational performance. The research was carried out through the application of the “Questionnaire of Evaluation and basis of Occupational Performance”, prepared by the researchers themselves, family listening and direct observation. Results/Discussion: From the application of the questionnaire, it was observed to great difficulty for the patient in several aspects related to his / her daily life, highlighting those that touch on the Daily Life Activities (DLAs), since in all the evaluated activities it was verified changes in the performance, being this something significant, since these are the basic activities of the daily and of personal maintenance. Conclusions: With the results of the study it was concluded that, after hospital discharge, the physical and psychic limitations caused by burn decrease the occupational performance of those who suffer this trauma.

keywords: Burns; Occupational Performance; Occupational Therapy.


Palavras-chave


Queimaduras; Desempenho Ocupacional; Terapia Ocupacional

Texto completo:

PDF

Referências


Moser H; Pereima RR; Pereima MJL. Evolução dos curativos de prata no tratamento de queimaduras de espessura parcial. Rev Bras Queimaduras. Rio de Janeiro. 2013;12(2): 60-7. Disponível em: . Acesso em: 9 set. 2017.

Souza AES, Batista FOC, Martins TCL, Sales ALCC. O papel da arginina e glutamina na imunomodulação em pacientes queimados-revisão de literatura. Rev Bras Queimaduras. 2015;14(4):295-9.

Júnior GFP, Vieira ACP, Alves GMG. Avaliação da qualidade de vida de indivíduos queimados pós alta hospitalar. Rev Bras Queimaduras. 2010;9(4):140-145. Disponível em: . Acesso em: 9 set. 2017.

Gonella HA; Quevedo F; Garbossa LCD. Colonização bacteriana nas primeiras 24 horas das queimaduras. Rev Bras Queimaduras. Rio de Janeiro. 2014; 13(2): 99-102. Disponível em: . Acesso em: 9 set. 2017.

Guimarães IBA; Martins ABT; Guimarães SB. Qualidade de vida de pacientes com queimaduras internados em um hospital de referência no nordeste brasileiro. Rev Bras Queimaduras. Rio de Janaiero. 2013; 12(2): 103-7. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2017.

Costa RO. Avaliação do Laser, Led e da Terapia Fotodinâmica na Cicatrização de Queimaduras em Pele: Estudo Clínico e Histológico em Ratos. [Dissertação]. Campina Grande: Universidade Estadual de Paraíba; 2013.

Oliveira TS, Moreira KFA, Gonçalves TA. Assistência de enfermagem com pacientes queimados. Rev Bras Queimaduras. 2012;11(1):31-7. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2017.

Andretta IB; Cancelier ACL; Mendes C; Branco AFC; Tezza MZ; Carmello FA; Lea BM; Guerro AC; Dettenborn SA. Perfil epidemiológico das crianças internadas por queimaduras em hospital do sul do Brasil, de 1998 a 2008. Rev Bras Queimaduras. Rio de Janeiro. 2013; 12(1): 22-9. Disponível em:. Acesso em: 10 set. 2017.

Pedretti LW, Early MB. Terapia ocupacional: capacidades práticas para as disfunções físicas. 5.ed. São Paulo: Roca, 2004.

Castro ANP; Lima Júnior EM. Perfil epidemiológico de pacientes vítimas de choque elétrico em um hospital de referência em Fortaleza. Rev Bras Queimaduras. Rio de Janeiro. 2015; 14(1): 27-30. Disponível em: . Acesso em: 20 nov. 2017.

Albuquerque MLL, Silva GPF, Diniz DMSM, Figueiredo AMF, Câmara TMS, Bastos VPD. Análise dos pacientes queimados com sequelas motoras em um hospital de referência na cidade de Fortaleza-CE. Rev Bras Queimaduras. 2010; 9(3):89-94. Disponível em: . Acesso em: 20 nov. 2017.

Lira RA, Silva VTBL, Soanégenes M. Intervenção terapêutica ocupacional a paciente vítima de queimadura elétrica na fase aguda. Rev Bras Queimaduras. 2013;12(1):37-41. Disponível em: . Acesso em: 20 nov. 2017.

Tromblt CA. Terapia ocupacional para disfunção física. 2ª ed. São Paulo: Santos; 1989. p.514.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO



Indexado em:

      

       

    Resultado de imagem para REDIB