“... Cada instituição fica meio com a cara da população a que serve ...”: entrevista com Cândido Espinheira Filho

Laércio Melo Martins

Resumo


RESUMO:

A presente entrevista tratou sobre a relação entre o Direito e a Psiquiátria, bem como da trajetória da Reforma Psiquiátrica brasileira.

Cândido Espinheira Filho é médico. Chefe de equipe de saúde mental da direção geral do INAMPS (1979/1983). Presidente do Conselho Técnico Administrativo da Colônia Juliano Moreira (1981/82). Gerente do Programa de Aperfeiçoamento da Assistência Psiquiátrica do INAMPS/CONASP (1982/83) e Diretor do Hospital Pinel e Coordenador da Campanha Nacional de Saúde Mental na Região Sudeste (1989/90). Membro da Coordenação de Saúde Mental do Estado do Rio de Janeiro (1991/93). Coordenador Municipal de Saúde Mental de Paracambi (1992/93). Presidente do Fundo Municipal de Desenvolvimento Social – Fundo Rio (1995/96). Coordenador de Saúde da Área de Planejamento 4 do Município do Rio de Janeiro (2001). Vice-diretor e Gerente Médico do Instituto Municipal Nise da Silveira (2001/2006).


Palavras-chave


Direito; saúde mental; psiquiatria

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21875/tjc.v5i1.27648

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Laércio Melo Martins



ISSN 2526-0464

Indexada em: / Indexed by: