Consciência fonológica e o ensino de leitura: quando começar?

Mariana Fernandes Fonseca

Resumo


Este artigo defende a necessidade de uma preparação bem orientada para o aprendizado de leitura com o desenvolvimento da consciência fonológica com início ainda na Educação Infantil, em torno de 30 a 36 meses de idade. Essa atuação pedagógica deve ser graduada, começando pelo desenvolvimento
da consciência silábica, passando pelo desenvolvimento da consciência intrassilábica e culminando na consciência fonêmica.
A consciência fonológica tem relação intrínseca com o aprendizado de leitura: crianças que desenvolvem a consciência fonológica como preparação para o aprendizado de leitura têm mais chances de obter sucesso na alfabetização. É uma habilidade complexa, que reúne a percepção das sílabas que compõem uma palavra, a percepção de palavras que rimam e de palavras que começam
com o mesmo segmento. Ela inclui ainda a consciência fonêmica, a habilidade de reconhecer, separar e manipular uma palavra em termos de seus fonemas constitutivos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: