Lenguas indígenas en la escuela: una mirada retrospectiva a la educación intercultural bilíngüe en la provincia de Chaco (Argentina).

Ana Carolina Hecht, Cristina Messineo

Resumo


O artigo examina as políticas de Educação Intercultural Bilíngue no Chaco (Argentina) entre 1987 e 2016. São analisados dois momentos vinculados com o marco legal e o tratamento das línguas indígenas na escola. Primeiro, a visibilização da diversidade etnolinguística, as demandas de alfabetização
bilíngue e o papel do professor indígena. Segundo, o plurilinguismo, a interculturalidade e o acesso dos indígenas aos níveis educativos superiores tornam-se questões relevantes. O processo vai unido a uma mudança de direção na situação sociolínguistica dos povos indígenas que demandam uma
escola envolvida na revitalização de suas línguas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: