On the readings of pourquoi in wh-questions

Flore Kédochim, Simone Guesser

Resumo


The literature on wh-items such as why in English points out that this element can be associated with two readings, reason and purpose. Following Reinhart’s (2003) typology for causal relations between two events, Tsai (2008) assumes that the semantics of reason involves a relation called Enable, according to which one event is a necessary condition for the other. On the other hand, purpose reading involves a Motivate relation, in which one event either enables or causes the other, mediated by a mental state. Semantic and syntactic restrictions suggest that reason/Enable and purpose/Motivate are readings that involve different syntactic positions, the first being related to the CP system, and the second to the vP area. With regard to the French wh-item pourquoi, there are few studies that address this issue. According to these studies, the reason/Enable reading is the only possible reading for pourquoi. In order to deepen the matter in question, this work investigated the interpretation properties of pourquoi through a non-chronometric offline experimental study. The results show that this wh-item can have a purpose/Motivate reading in addition to a reason/Enable reading in interrogative sentences.

-----------------------------------------------------------------------------

SOBRE AS LEITURAS DE POURQUOI EM INTERROGATIVAS WH-

A literatura sobre sintagmas-wh como o why do inglês aponta que esse elemento pode veicular dois tipos de leitura, de razão e de propósito. Seguindo a tipologia de Reinhart (2003) para relações causais entre dois eventos, Tsai (2008) assume que a semântica de razão envolve uma relação chamada Habilitação, segundo a qual um evento é uma condição necessária para o outro. Por outro lado, a leitura de propósito envolve a relação de Motivação, segundo a qual um evento habilita ou causa o outro, sendo mediado pelo estado mental de um sujeito agente. Restrições semânticas e sintáticas sugerem que razão/Habilitação e propósito/Motivação são leituras que envolvem diferentes posições sintáticas, sendo a primeira relacionada ao sistema CP, e a segunda ligada à área do vP. No que diz respeito a pourquoi, são poucos os estudos que tratam do assunto. Segundo esses estudos, apenas a leitura de razão/Habilitação é veiculada por esse elemento. Com o objetivo de aprofundar essa questão, o presente trabalho investigou as propriedades interpretativas de pourquoi através de um estudo experimental off-line não cronométrico. Os resultados mostram que esse sintagma, além de veicular a intepretação de razão/Habilitação, pode também apresentar a leitura propósito/Motivação em sentenças interrogativas.

---

Original em inglês.



Palavras-chave


Wh-questions; Pourquoi; Experimental Linguistics.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2020.v16nEsp.a38048

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: