O léxico mental em ação: muitas tarefas em poucos milissegundos

Aniela Improta França

Resumo


Após uma breve exposição dos fundamentos dos modelos interacionista e modularista de acesso lexical, este trabalho focaliza nas soluções modularistas para o Problema da Ativação Múltipla:o fato de que para acessar a representação mental de uma palavra ouvida ou lida, há uma ativação de muitas outras representações que competem por reconhecimento. Evidências empíricas recentes (PYLKKÄNEN et al., 2002) apontam para a Teoria da Ativação Contínua como um modelo promissor de reconhecimento lexical, capaz, inclusive, de distinguir entre candidatos idênticos e similares respectivamente à existência de relações morfológica e fonológica entre estímulo e representação. Este trabalho também sugere que estímulos em português com morfologia rica podem vir a ser um recurso experimental importante no aperfeiçoamento desta teoria.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2005.v1n1a4368

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: