Sintaxe pragmática: o caso das construções locativas do português brasileiro

Diogo Pinheiro

Resumo


Este trabalho investiga as costruções locativas do português brasileiro (PB) à luz da Gramática das Construções. Um dos nossos objetivos consiste em delinear a representação conceptual subjacente a essa construção, bem como sua polissemia. Pretendemos mostrar também que imperativos pragmáticos regulam a interação entre verbo e construção de estrutura argumental, de modo a assegurar que a sentença satisfaça a Máxima da Quantidade de Grice. Para isso, descrevemos com algum detalhamento as construções locativas do PB e observamos especificamente o comportamento de cinco verbos: "existir", "cair", "aparecer", "nascer" e "brotar".

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: