Continuidade de referência: nomes, pronomes e anáfora zero em gêneros da fala e da escrita

Vera Lúcia Paredes Silva

Resumo


Este artigo examina e compara a manutenção de um referente no discurso, na função de sujeito, na sua expressão através de nome, pronome ou anáfora zero, em gêneros discursivos da fala e da escrita. A partir da discussão de resultados de análises variacionistas, realizadas em diferentes corpora (entrevistas sociolinguisticas, cartas pessoais e vários gêneros jornalísticos), comprova-se a exigência de incorporar-se a distinção dos gêneros de discurso e tipos de texto em estudos comparativos de fala e escrita.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: