Plurais em -ão do português brasileiro: efeitos de frequência

Ana Paula Huback

Resumo


Este artigo investiga palavras do português terminadas em -ão no singular como avião, capitão e cidadão. A forma singular dessas palavras é igual, mas, no plural, cada palavra apresenta uma terminação diferente: avião - aviões, capitão - capitães, cidadão - cidadãos. Etimologicamente, cada palavra deveria ter somente uma forma de plural. No entanto, em corpora do português, é possível encontrar formas como "capitões" e "cidadões", em vez de "capitães" e "cidadãos". Neste artigo, argumenta-se que a frequência de uso das formas linguísticas pode justificar variações neste grupo de palavras. O foco teórico adotado é o Modelo de Redes, proposto por Bybee (1985, 2001).

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2010.v6n1a4436

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: