Verbos de percepção em construções evidenciais de acordo com o modelo da gramática discursivo-funcional

Valéria Vendrame-Ferrari

Resumo


O objetivo deste trabalho é descrever a evidencialidade expressa por meio de verbos de percepção em língua portuguesa. Mais especificamente, busca-se investigar, dentro do paradigma teórico da Gramática Discursivo-Funcional, os tipos de contextos semânticos em que os verbos de percepção ver, ouvir e sentir têm valor evidencial e quais sentidos evidenciais estão relacionados com cada contexto. O material de análise desta pesquisa é composto por amostras de língua real, falada e escrita. A partir da compreensão dos aspectos semânticos envolvidos nas ocorrências analisadas, conclui-se que os três verbos são formas de expressão da evidencialidade bastante produtivas em língua portuguesa.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2012.v8n1a4476

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: