Uma possível história das pretônicas brasileiras

Myrian Barbosa da Silva

Resumo


A língua portuguesa, transplantada no Brasil a partir do século XVI, sofreu inevitáveis transformações, que a distanciaram da variedade européia. No sistema vocálico sobressaem as vogais átonas, que no Novo Mundo se tornaram um importante traço de diferenciação entre os dialetos do Sul e do Norte, objeto de muitas discussões no passado. Neste artigo, com o testemunho de ortógrafos e gramáticos antigos e de dados extraídos de suas obras e com o apoio possível da história externa, busca-se uma explicação para as regras que governam as pretônicas abertas nos dialetos do Norte e para as que regem as fechadas no Sul.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: