O papel dos gestos de apontar na construção da dêixis multimodal: dos usos concretos aos usos abstratos

Maíra Avelar

Resumo


Neste artigo, investigamos a inter-relação entre a fala e os gestos de apontar na construção da dêixis multimodal. Nossa hipótese é de que a ocorrência mais prototípica dos gestos de apontar se relacionaria a referentes concretos presentes na cena enunciativa. Primeiramente, abordamos as considerações feitas por Kendon sobre as diferentes descrições icônicas dos gestos de apontar, bem como as considerações de McNeill e colegas sobre a dêixis abstrata. Analisamos, quantitativa e qualitativamente, dois trechos de 50 minutos de sessões legislativas dos deputados-pastores Feliciano
e Cunha. Os resultados demonstraram que a hipótese não se confirmou, pois os referentes da maioria expressiva dos gestos eram abstratos.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2016.v12n1a4525

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: