A contraparte prosódica em construções de discurso reportado

Patrícia Ribeiro do Valle Coutinho, Luiz Fernando Matos Rocha

Resumo


Este artigo defende que aspectos prosódicos desempenham um papel no pareamento de construções instanciadas na fala. Em conformidade com as bases teóricas da Gramática das Construções (GOLDBERG 1995, 2006), argumenta-se que construções são coleções linguísticas sistemáticas de pareamentos forma-função aprendidos na linguagem cotidiana e que podem ser mapeadas em dados contextualizados de fala. O objetivo é descrever e analisar tendências prosódicas de construções de discurso reportado em amostras de corpus de fala espontânea do português carioca culto brasileiro (NURC-RJ). As ocorrências são submetidas ao programa PRAAT (BOERSMA & WEENINK, 2011), por meio do qual informações prosódicas são analisadas e correlacionadas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: