Penalidade do nome repetido e rastreamento ocular em português brasileiro

Márcio Martins Leitão, Antonio João Carvalho Ribeiro, Marcus Maia

Resumo


O objetivo deste trabalho é testar e discutir o efeito da Penalidade do Nome Repetido em português brasileiro, utilizando a técnica experimental de eye-tracking, rastreando a leitura de frases coordenadas que contêm retomadas anafóricas na posição de sujeito e de objeto direto, com pronome pleno e com nome repetido. Nossas hipóteses foram corroboradas, já que nossos resultados mostram que houve efeito da Penalidade do Nome Repetido, em acordo com os estudos anteriores nos quais nos baseamos (LEITÃO, 2005; QUEIROZ & LEITÃO, 2008). Discutimos nossos resultados a partir da Teoria da Centralização e da Hipótese da Carga Informacional.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2012.v8n2a4549

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: