EntreviSta com Chris Kennedy

Ana Paula Quadros Gomes

Resumo


Christopher D. Kennedy, hoje professor e chefe do Departamento de Linguística da Universidade de Chicago (EUA), tornou-se referência para semanticistas, sintaticistas, pesquisadores de semântica lexical e linguistas em geral ao defender a tese Projecting the Adjective: The Syntax and Semantics of Gradability and Comparison (Projetando o Adjetivo: a Sintaxe e a Semântica da Comparação de Grau), em 1997. Nesse trabalho, publicado em 1999, Kennedy apresenta o estado da arte da linguística sobre as expressões de grau das línguas naturais e propõe uma nova análise semântica para os adjetivos de grau, a qual dá conta de sua distribuição sintática. Sua análise inclui objetos como grau e escalas na ontologia das línguas naturais, associando a semântica de expressões de grau, num tratamento composicional, à sua configuração sintática.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2013.v9n1a4563

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: