Interação entre foco, morfologia e controle em PB: evidências adicionais para a Teoria de Controle por Movimento

Maximiliano Guimaraes, Gesoel Mendes

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar sentenças do tipo “Pedro quer ELE consertar o carro” em Português Brasileiro. Nessas construções, o sujeito de uma oração encaixada infinitiva é realizado por um DP com propriedades morfofonológicas de pronome nominativo, necessariamente correferente ao sujeito da matriz (tal qual numa estrutura de controle, aparentemente violando o Princípio B da Teoria de Ligação). Calcada na Teoria Movimento por Cópia e na Teoria de Controle por Movimento, nossa análise deriva essas propriedades da interação entre: (i) focalização; (ii) a dinâmica de apagamento de elos de cadeia; e (iii) morfologia.

PALAVRAS-CHAVE: Controle, Movimento, Foco, Pseudo-Pronome


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2013.v9n1a4571

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: