Propriedades sintáticas e semânticas do verbo ir no português brasileiro

Keli Cristiane Eugenio-Soto, Heloisa Maria Moreira Lima-Salles

Resumo


Examinamos aspectos sintáticos e semânticos do verbo ir de movimento no português do Brasil (PB). Quanto à projeção da estrutura argumental, partimos dos seguintes dados: (1) Maria foi *(ao zoológico), (2) Maria já foi, (3) Maria se foi e (4) Maria foi embora. Assumindo que as propriedades aspectuais do evento são projetadas em núcleos funcionais, os quais realizam os argumentos do predicado, propomos que o verbo ir de movimento no PB é licenciado não só na estrutura canônica, com dois argumentos (Originador e Locativo), mas também na presença de categorias codificadoras de traços formais de tempo e aspecto na estrutura funcional da oração.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: