Variação e mudança na descrição construcional: complexos verbo-nominais

Marcia dos Santos Machado Vieira

Resumo


Este artigo discute o espaço da variação no âmbito da descrição construcional da língua portuguesa, a partir do exame de complexos verbo-nominais. Para tanto, reúne evidências quanto ao caráter central ou periférico que esse fenômeno pode alcançar a depender, dentre outros fatores, de contextualidade, bem como de seu vínculo com o fenômeno da mudança. Também argumenta que falta ao modelo construcional abrigar a possibilidade de se lidar com a análise do fenômeno de variação na descrição da língua no que se refere à competição e à convivência de variantes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2016.v1n1a5445

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: