Sergei Eisenstein e Siegfried Kracauer. Visões complementares sobre a representação da realidade no cinema

Fabio Luiz Tezini Crocco, Alex Alves Fogal, Bárbara del Rio Araújo

Resumo


Resumo: Este trabalho parte de uma perspectiva comparativa entre os teóricos Sergei Eisenstein e Sigrefied Kracauer para discutir as diferentes maneiras de se representar a realidade na estética cinematográfica. Através de uma visão complementar entre a obra Teoria do filme (1960), do pensador alemão, e O sentido do filme (1942), do soviético, apresentaremos os diferentes pressupostos que embasam a ideia de cinema, defendendo que a interlocução entre esses estudiosos se faz necessária para alicerçar o debate sobre forma estética e processo histórico-social.

Abstract: This paper presents a comparative perspective between the theorists Sergei Eisenstein and Sigrefied Kracauer to discuss the different manners to represent reality in the cinematographic aesthetic. Through a complementary view between the books Theory of film (1960), by the German philosopher, and The film sense (1942), by the soviet, we will present the different assumptions that underpin the cinema conception, defending the interlocution between these authors is necessary to build the debate about aesthetic form and historic-social process.
Keywords: Cinema; Film theory; Reality representation.


Palavras-chave


Cinema; Teoria do filme; Representação da realidade; S. Kracauer

Texto completo:

PDF HTML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Fabio Luiz Tezini Crocco, Alex Alves Fogal, Bárbara del Rio Araújo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.