A ideia de cotidiano na produção sociológica de Luiz Antonio Machado da Silva

Marcella Araujo

Resumo


Este artigo pretende discutir o papel desempenhado pela ideia de cotidiano na produção sociológica de Luiz Antonio Machado da Silva sobre a violência urbana. A partir de uma revisão de suas publicações sobre o tema da criminalidade violenta, procuro mostrar como a proposição de um deslocamento metodológico na direção do cotidiano e o reenquadramento teórico da questão da dominação permitiram a elaboração de uma interpretação sociológica original sobre o problema da violência urbana. Como procuro argumentar, essa operação analítica dá continuidade às pesquisas precedentes do sociólogo sobre as condições de vida das camadas populares urbanas.


Palavras-chave


Luiz Antonio Machado da Silva, cotidiano, dominação, violência urbana, sociabilidade violenta

Texto completo:

PDF XML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

               

APOIO: