As estruturas clivadas do galego

Xavier Frias Conde

Resumo


Existe um tipo de orações que ainda não foram suficientemente estudadas pela Linguística Galega: as orações clivadas. Neste estudo ocupar-nos-emos com a sua classificação e análise desde a óptica da Gramática Funcional Categorial (GFC), partindo para isso de estudos prévios aplicados ao português. Quanto à sua estrutura, veremos como se constroem e em que se diferenciam doutros tipos de construções enfáticas, como as focalizadas, baseando-se a sua estrutura nas distintas colocações dos seus três elementos básicos: sujeito, cópula e atributo.



Palavras-chave


Clivagem; Construções clivadas; Gramática funcional; Foco; Tópico.

Texto completo:

PDF

Referências


CIDRÁS ESCÁNEO, F. A. Sobre o uso da preposición 'a' con OD en galego. Verba. Anuario Galego de Filoloxía, 33, Santiago de Compostela: USC, 2005, p. 147-174

COSTA, J.; DUARTE, I. Minimizando a Estrutura: uma Análise Unificada das Construções de Clivagem em Português, Atas do XVI Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística, Lisboa: APL/Colibri, 2001, p. 627-638.

GUITART, J. Del uso de las oraciones hendidas en el español actual, Revista Internacional d'Humanitats 27, 2013, p. 89-104. . Consultado em jan 2016.

FRIAS CONDE, Xavier. An Introduction to Functional Categorial Grammar. Palma de Mallorca: Bubok, 2009.

______. Compendio de gramatica galega básica. Madrid: UNED, 2014.

______. O verbo galego. Anexo RLLCGV XX. Madrid: UNED, 2015.

GUTIÉRREZ ORDÓÑEZ, S. Temas, remas, focos, tópicos y comentarios. Madrid: Arco/Libros, S.L., 1997.

LOBO, M. Assimetrias em construções de clivagem do português: movimento vs. geração na base. Atas do XXI Encontro da Sociedade Portuguesa de Linguística. Lisboa: APL, 2005, p. 457-473.

MCMILLAN DICTIONARY (S.D.): Pseudo-Cleft Sentences. . Consultado em out 2016.

MCMILLAN DICTIONARY (S.D.): Cleft Sentences. . Consultado em out 2016.

MÉNDEZ VALLEJO, D. C. Focalizing ser (‘to be’) in Colombian Spanish. Tese doutoramento inédita da Universidade de Indiana, 2009.

PEREIRA BARBOSA, M. P. As construções pseudoclivadas: perguntas e respostas. Atas do XXVIII Encontro da Sociedade Portuguesa de Linguística. Lisboa: APL, 2013, p. 131-148.

REAL ACADEMIA ESPAÑOLA Y ASOCIACIÓN DE ACADEMIAS DE LA LENGUA ESPAÑOLA. Nueva gramática de la lengua española. Sintaxis II. Madrid: Espasa Calpe, 2009.

ROSENBAUM, P. S. The Grammar of English Predicate Construtions. Cambridge, Massachusetts: MIT Press, 1967.

SEDANO, M. Hendidas y otras construcciones com ‘ser’ em el habla de Caracas. Caracas: Universidad Central de Venezuela, 1990.

______. Seudohendidas y oraciones com verbo ser focalizador en dos corpus del español hablado de Caracas. Thesaurus, 49, 1994, p, 491-518.




DOI: https://doi.org/10.24206/lh.v4i1.23313

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 LaborHistórico

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

LaborHistórico | ISSN 2359-6910

A Revista LaborHistórico da Universidade Federal do Rio de Janeiro está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.