ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO NO COTIDIANO DE UMA SALA DE AULA DE 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL DE NOVE ANOS (PELOTAS, RS)

Eliane Peres, Gabriela Nogueira

Resumo


Neste artigo, apresentamos resultados de uma pesquisa realizada no período de março a dezembro de 2010, em uma turma de 1º ano da rede municipal de ensino de Pelotas/RS. O objetivo principal foi identificar práticas de alfabetização e de letramento após a mudança do ensino fundamental de oito para nove anos, considerando que a rede municipal de Pelotas implantou o ensino fundamental de nove anos em sua totalidade apenas em 2010. Na investigação, de abordagem etnográfica, os dados foram coletados através de observações com registros em diário de campo, fotografias, filmagens e da recolha de atividades propostas às crianças, inclusive aquelas registradas nos cadernos escolares. Os dados da pesquisa relevaram que, no caso da turma observada, em alguns momentos a alfabetização esteve associada a situações de uso cotidiano da leitura e da escrita. Contudo, a maioria das atividades desenvolvidas em sala de aula evidencia uma prática ainda voltada para o ensino de sílabas e de palavras isoladas, revelando uma perspectiva de alfabetização cuja concepção é a de que ler é decodificar, e escrever é copiar.

Palavras-chave


1º ano, alfabetização, letramento, ensino fundamental de nove anos.

Texto completo:

PDF

Referências


ATKINSON, Paul y COFFEY, Amanda. Encontrar el sentido a los datos cualitativos. Estrategias complementarias de investigación. Medellín, Universidad de Antioquia. 2003.

CASTANHEIRA, Maria Lucia. Aprendizagem contextualizada: discurso e inclusão na sala de aula. Belo Horizonte: CEALE/Autêntica, 2004.

CASTANHEIRA, Maria Lucia; GREEN, Judith e DIKSON,Carol. Práticas de letramento em sala de aula: uma análise de ações letradas como construção social. Revista Portuguesa de Educação. Braga, v. 20, n. 2, p.7-38, 2007.

DIONÍSIO, Maria de Lourdes. Entrevista com Maria de Lourdes Dionísio: Educação e os estudos atuais sobre o letramento. In: PELANDRÉ, Nilcea e FICHER, Adriana. Perspectiva. Florianópolis, v. 25, nº 1, p. 209-224, jan/jun 2007. Disponível

in:http://kino.iteso.mx/~gerardpv/tesis/metod-cualitAtkinson.htm Acesso em março de 2011.

GEERTZ, Cliford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC, 2008.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v6i11.1626

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.