A EMERGÊNCIA DO ENSINO SECUNDÁRIO PÚBLICO NO BRASIL E EM PORTUGAL: UMA “HISTÓRIA CONECTADA”

Ana Waleska Pollo Campos Mendonça

Resumo


O trabalho se remete a uma pesquisa sobre a gênese do magistério público secundário no Brasil e se propõe a estudar, em uma abordagem comparativa, o processo de institucionalização do ensino secundário público no Brasil e em Portugal. Chama particularmente atenção para o impacto da fragmentação dos estudos produzida pelas Reformas Pombalinas dos Estudos Menores nos dois contextos nacionais, para além da sua implementação no século XVIII. Esse impacto se fez sentir não só sobre o processo de profissionalização dos professores dos estudos secundários, mas sobre a própria maneira como o ensino secundário público acabou por se institucionalizar no Brasil e em Portugal ao longo do século XIX.

Palavras-chave


ensino secundário, ensino público, história conectada.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Claudia Maria C.. O ensino Secundário Militar na contramão das tendências do Império. História da Educação/ASPHE/FaE/UFPel, n. 26, Pelotas: ASPHE, set/dez 2008,

p. 13-37. Disponível em http//fae.ufpel.edu.br/asphe.

ANDRADE, Antonio Alberto Banha de. A Reforma Pombalina dos estudos secundários no Brasil. São Paulo: Saraiva, Ed. da Universidade de São Paulo, 1978.

ANDRADE, Antonio Alberto Banha de. A Reforma Pombalina dos estudos secundários (1759-1771): contribuição para a história da pedagogia em Portugal. Coimbra: Universidade de Coimbra, 1981a, v.1.

ANDRADE, Antonio Alberto Banha de. A Reforma Pombalina dos estudos secundários (1759-1771): contribuição para a história da pedagogia em Portugal. Coimbra: Universidade de Coimbra, 1981b, 2.v.

ANDRADE, Antonio Alberto Banha de. A Reforma Pombalina dos estudos secundários (1759-1771): contribuiçãopara a história da pedagogia em Portugal. Coimbra: Universidade de Coimbra, 1984, v.1.

ANDRADE, Vera Lúcia Cabana de Queiroz. Colégio Pedro II. Um lugar de memória. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em História Social do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UFRJ, 1999.

AZEVEDO, Fernando de. A cultura brasileira. São Paulo: Melhoramentos/Editora da USP, 1943.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v8i15.1685

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.