Relação dialética no processo ensino-aprendizagem: desafios à formação docente

Maria Elizabete Ramos, Ana Cristina Prado de Oliveira

Resumo


Em um contexto que denuncia uma situação grave no cenário educacional (altas taxas de reprovação e abandono e baixos resultados acadêmicos em testes de larga escala) lança-se a questão: por que nossas crianças e jovens não estão aprendendo o que deveriam quando deveriam? Este ensaio, propondo uma articulação entre os campos da psicologia, sociologia e filosofia educacional, traz uma análise sobre como educadores vêm compreendendo o processo de ensino-aprendizagem nos contextos escolares a partir de uma revisão de literatura de como a formação de professores poderia atuar para favorecer aos futuros professores práticas que possibilitem uma aprendizagem interativa e significativa para todos.


Palavras-chave


Ensino; Aprendizagem; Formação Docente.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Maria Teresa; FRANCO, Creso. A pesquisa em eficácia escolar no Brasil: evidências sobre o efeito das escolas e fatores associados à eficácia escolar. In: BROOKE, N.; SOARES, J. F. (Orgs.) Pesquisa em eficácia escolar: origem e trajetórias. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

BRASIL. Constituição Federal. Brasília, 1988. Versão atualizada disponível em: http://www.planalto.gov.br.

_______. Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Resolução n.02, de 01 julho de 2015.

_______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Lei 9.394/96. Brasília, 1996.

_______. Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014. Plano Nacional de Educação. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências.

BROOKE, Nigel; SOARES, José Francisco. (Orgs.) Pesquisa em eficácia escolar: origem e trajetórias. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2008.

CASTORINA, José Antônio et. al. Piaget-Vygotsky: Novas contribuições para o debate. 6ª edição, São Paulo: Ática, 2002.

CHARLOT, Bernard. Da relação com o saber: Elementos para uma teoria, Porto Alegre: ArtMed, 2000.

CORAZZA, Sandra Mara. Planejamento de ensino como estratégia de política cultural. In: MOREIRA, Antônio Flávio. (org.) Currículo: questões atuais. Campinas: Papirus, p. 103-143, 1997.

CORREA, Erisson Viana; BONAMINO, Alícia; SOARES, Tufi Machado. Evidências do efeito da repetência nos primeiros anos escolares. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 25, n. 59, p. 242-269, set./dez. 2014.

CREEMERS, Bert P.M.; REEZIGT, Gert J. School level conditions affecting the effectiveness of instruction. In: School Effectiveness and School Improvement, v. 7, n. 3, p. 197-228, 1996.

FONTANIVE, Nilma; KLEIN, Ruben. Alguns indicadores educacionais de qualidade no Brasil de hoje. São Paulo em Perspectiva, v. 23, n. 1, Jan/Jun, p. 19-28, 2009.

GATTI, Bernadete; BARRETTO, Elba de Sá; ANDRÉ, Marli; ALMEIDA, Patrícia. Professores do Brasil: novos cenários de formação. Brasília: UNESCO, 2019.

GATTI, Bernadete. Formação inicial de professores para a educação básica: pesquisas e políticas educacionais. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 25, n. 57, p. 24-54, jan./abr. 2014.

GATTI, Bernadete; BARRETO, Elba de Sá. Professores no Brasil: impasses e desafios. Brasília, UNESCO, set. 2009.

INSTITUTO DE PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA - INEP. Censo da Educação Básica 2013: Resumo Técnico. Brasil: 2014.

KLEIN, Ruben. Como está a educação no Brasil? O que fazer? Revista Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas Educacionais, Rio de Janeiro, v. 14, n. 51, p. 139-172, abr. /jun. 2006.

KRAMER, Sônia. Por Entre as Pedras: Arma e Sonho na Escola. 3. ed. São Paulo: Ática, 2003.

KRAMER, Sonia; SANTOS, Tania. R. L. Contribuições de Lev Vygotsky para a pesquisa com crianças. In: MARCONDES, Maria Inês; OLIVEIRA, Ivanilde Apoluceno; TEIXEIRA, Elisabeth. (Org.). Abordagens teóricas e construções metodológicas na pesquisa em educação. 1ª edição. Belém: Universidade do Estado do Pará, v. 1, p. 17-36, 2011.

LOUZANO, Paula.; MORICONI, Gabriela. Visión de la docencia y características de los sistemas de formación docente. In: Temas críticos para formular nuevas políticas docentes en América Latina y el Caribe: el debate actual, Centro de Estudios de Políticas y Prácticas en Educación (CEPPE). UNESCO, 2014.

MANCEBO, Deise. Agenda de pesquisa e opções teórico-metodológicas nas investigações sobre trabalho docente. Educação e Sociedade, Campinas, v.28, n. 99, mai./ago. 2007. p. 466-482.

MASHBURN, Andrew J.; PIANTA, Robert C. Opportunity in Early Education: Improving Teacher-Child Interactions and Child Outcomes. Paper Presented in December 2007. Early Childhood Research Conference. Charlottesville, 2007.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA - MEC. Relatório Educação para todos no Brasil, 2000-2015. Brasília, 2014. Disponível em: portal.mec.gov.br/docman/junho-2014-pdf/15774-ept-relatorio-06062014.

MONTEIRO, Ana Maria. Professores de história: entre saberes e práticas. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007.

NUNES-MACEDO, Maria do Socorro Alencar; MORTIMER, Eduardo Fleury; GREEN, Judith. A constituição das interações em sala de aula e o uso do livro didático: análise de uma prática de letramento no primeiro ciclo. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 25, abr. 2004.

OLIVEIRA, Romualdo P.; ARAÚJO, Gilda C. Qualidade do ensino: uma nova dimensão da luta pelo direito à educação. Revista Brasileira de Educação, n. 28, p. 05-24, jan./mar. 2005.

PATTO, Maria Helena. A produção do fracasso escolar: histórias de submissão e rebeldia. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1996.

PRESTES, Zoia Ribeiro. Quando não é quase a mesma coisa. Análise de tradução de Lev S. Vygotsky no Brasil. Repercussões no campo educacional. Tese de doutorado. Brasília, DF: Universidade de Brasília, 2010.

RIBEIRO, Sergio Costa. A pedagogia da repetência. Estudos Avançados, São Paulo, nº12, vol. 5, maio/ago., p. 7 - 21, 1991.

SÁ EARP, Maria de Lourdes. A cultura da repetência em escolas cariocas. Revista Ensaio: Avaliação de Política Pública Educacional, Rio de Janeiro, v. 17, n. 65, p. 613-632, out./dez. 2009.

SOARES, José Francisco. Melhoria do desempenho cognitivo dos alunos do ensino fundamental. Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 130, jan/abr., p.135-160, 2007.

TACCA, Maria Carmen Villela Rosa; BRANCO, Angela Uchoa. Processos de significação na relação professor-alunos: uma perspectiva sociocultural construtivista. Estudos de psicologia, Natal, v. 13, n. 1, abr. 2008.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. Pensamento e Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. Psicologia Pedagógica. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. A Construção do Pensamento e da Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

WARTOFSKY, Marx. A construção do mundo da criança e a construção da criança no mundo. In: KOHEN, Walter Omar; KENNEDY, David (org.) Filosofia e infância: possibilidades de um encontro, vol. II 2ª edição. Vozes, 1999.




DOI: https://doi.org/10.20500/v15i33.28897

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.