Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO

A REVISBRATO - Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional (ISSN eletrônico 2526-3544) é um periódico científico trimestral, criado por docentes dos departamentos de Terapia Ocupacional de cinco grandes Universidades Federais do Brasil, sendo cada uma de uma região diferente do país. São elas: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e da Universidade Federal do Pará (UFPA). Em 2016 estas Universidades Federais se reuniram para a construção deste projeto interinstitucional, com o objetivo de contribuir no desenvolvimento técnico-científico da Terapia Ocupacional, em sua pluralidade regional. O periódico visa trabalhar no desenvolvimento e divulgação de pesquisas em diversas áreas especificas e correlatas, assim como, na ampliação do diálogo inter e transdiciplinar no âmbito nacional e internacional. A REVISBRATO aceita artigos em português, inglês e espanhol produzidos por terapeutas ocupacionais, docentes, pesquisadores, estudantes, gestores e público relacionado.

Notícias

 

CHAMADA NÚMERO TEMÁTICO: "Marxismo e Terapia Ocupacional em debate"

 

O pensamento crítico em desenvolvimento entre terapeutas ocupacionais na América Latina se manifesta pela fundamentação filosófica, epistemológica e metodológica engajada na transformação da sociedade com diferentes grupos sociais.

Reconhecemos que parte relevante deste pensamento tem sido incorporado nos acúmulos e discussões das assim chamadas Epistemologias do Sul realizadas na profissão sob o termo Terapias Ocupacionais do Sul. Outra parte, de menor evidência, se apresenta fundada no pensamento e método materialista histórico e dialético sob influência das obras de Karl Marx e Friedrich Engels e do conjunto de concepções filosóficas e sociais em Ágnes Heller, Antonio Gramsci, György Lukács e Henri Lefebvre, que contribuem para a apreensão do caráter ontológico e da determinação social dos objetos de intervenção da profissão, logo da constituição histórica e material da episteme da Terapia Ocupacional.

Dessa forma, o número temático “Marxismo e Terapia Ocupacional em debate” propõe reunir artigos que nos permitam refletir sobre a fundamentação teórico-metodológica marxista na Terapia Ocupacional.

 

Esta chamada receberá estudos teóricos, investigações empíricas, discussões temáticas e análises críticas das práticas engajadas nas questões sociais e nas lutas sociais sob o capitalismo.

 

Os autores devem enviar seus trabalhos até o dia 31 de janeiro de 2022 e indicar que se trata de um material para o referido Número Temático na folha de rosto. As instruções aos autores estão disponíveis em: https://revistas.ufrj.br/index.php/ribto/index. Os materiais devem ser identificados como artigo original, artigo de revisão, análise da prática, temas da atualidade ou imagem de capa. Os manuscritos recebidos serão submetidos à avaliação externa do tipo double-peer-blind-review. Este número temático será publicado em outubro de 2022.

 

Convidamos todos a enviar seus trabalhos.

 Saudações, 

Alessandro Tomasi (Universidade Federal de Minas Gerais)

Bruno Bechara (Universidade Federal de Minas Gerais)

Editores especiais

 
Publicado: 2021-09-09
 
Outras notícias...

v. 5, n. 3 (2021): (ISSN eletrônico 2526-3544)


Capa da revista