Reflexões sobre uma ação extensionista com/sobre/para algumas crianças/Reflections about extension action with/over /for some children

Olivia Souza Agostini, Caroline de Fátima Abreu da Silva, Graciela Gonçalves

Resumo


Contextualização: Uma ação de projeto de extensão universitária, com temática sobre o cuidado, foi tratada nesta análise de prática. Processo de intervenção/Acompanhamento: A proposta teve a participação de crianças e suas famílias, que foram convidadas a enviar materiais sobre o que faziam e/ou sentiam durante a pandemia do novo coronavírus. Análise crítica da prática: Procuramos relacionar o engajamento nas ocupações, expressão de sentimentos e protagonismo das crianças, com apoio das famílias, a partir do que estes participantes fizeram durante a pandemia e compartilharam com o projeto. Os materiais obtidos permitiram trocas e puderam contribuir com as discussões da prática da terapia ocupacional na infância, protagonismo de crianças e acessibilidade. Houve ganhos para equipe de extensão e limitações como divulgação e alcance da ação. Síntese das considerações: a terapia ocupacional pode contribuir com o protagonismo das crianças e identificação e/ou envolvimento das crianças nas ocupações durante a pandemia.

Palavras-chave: Criança. Terapia Ocupacional. Pandemia

 

Abstract
Contextualization: A university extension project action, with a theme on care, was addressed in this analysis of practice. Intervention / Follow-up process: the proposal was attended by children and their families who were invited to send materials about what they were doing and / or feeling during the pandemic of the new coronavirus. Critical analysis of the practice: we tried to relate engagement in occupations, expression of feelings and the protagonism of children with support from families, based on what these participants did during the pandemic and shared with the project. The materials obtained allowed exchanges and were able to contribute to discussions of the practice of occupational therapy in childhood, the role of children and accessibility. There were gains for the extension team and limitations such as disclosure and scope of the action. Summary of considerations: Occupational Therapy can contribute to the role of children and the identification and / or involvement of children in occupations during a pandemic.

Keywords: Child. Occupational Therapy. Pandemic.

 

Resumen

Contextualización: En este análisis de la práctica se abordó una acción de proyecto de extensión universitaria, con temática asistencial. Intervención / Proceso de seguimiento: A la propuesta asistieron niños y sus familias que fueron invitados a enviar materiales sobre lo que estaban haciendo y / o sintiendo durante la pandemia del nuevo coronavirus. Análisis crítico de la práctica: Intentamos relacionar el involucramiento en las ocupaciones, la expresión de sentimientos y el protagonismo de los niños con el apoyo de las familias, a partir de lo que estos participantes hicieron durante la pandemia y lo compartieron con el proyecto. Los materiales obtenidos permitieron intercambios y pudieron contribuir a las discusiones sobre la práctica de la terapia ocupacional en la infancia, el papel de los niños y la accesibilidad. Hubo ganancias para el equipo de extensión y limitaciones como la divulgación y el alcance de la acción. Resumen de consideraciones: La terapia ocupacional puede contribuir al papel de los niños y la identificación y / o participación de los niños en ocupaciones durante una pandemia.

Palabras clave: Niño. Terapia Ocupacional. Pandemia

 


Palavras-chave


criança, terapia ocupacional, pandemia

Texto completo:

PDF

Referências


Agostini, O. S. & Moreira, M. C. N. (2019). Quando fazer pesquisa com crianças significa negociar com adultos: bastidores de uma pesquisa com crianças de seis anos em escolas. Ciência & Saúde Coletiva, 24(10), 3753-3762. https://doi.org/10.1590/1413-812320182410.23872017

American Occupational Therapy Association - AOTA. (2020). Occupational therapy practice framework: Domain and process (4th ed.). American Journal of Occupational Therapy, 74(Suppl. 2), 7412410010. https://doi.org/10.5014/ajot.2020.74S2001

Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ (2020a). Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia COVID-19. Crianças na Pandemia COVID-19. Brasil. https://www.fiocruzbrasilia.fiocruz.br/wp-content/uploads/2020/05/crianças_pandemia.pdf

Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ (2020b). Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia COVID-19. Recomendação para o Cuidado de Crianças em Situação de Isolamento Hospitalar. Brasil. https://portal.fiocruz.br/sites/portal.fiocruz.br/files/documentos/cartilha_criancas_06_04.pdf

Kramer, S. (2002). Autoria e autorização: questões éticas na pesquisa com crianças. Cadernos de Pesquisa, (116), 41-59. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-15742002000200003

Moreira, M. C. N. & Macedo, A. D. D. (2009). O protagonismo da criança no cenário hospitalar: um ensaio sobre estratégias de sociabilidade. Ciência & Saúde Coletiva, 14(2), 645-652. https://doi.org/10.1590/S1413-81232009000200033

Pastore, M. D. N. (2020). Brincar-brinquedo, criar-fazendo: entrelaçando pluriversos de infâncias e crianças desde o sul de Moçambique. [Tese de doutorado, Universidade Federal de São Carlos] https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/12307

Pastore, M. D. N. (2021). Infâncias, crianças e travessias: em que barcos navegamos? Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional, 29, e2797. https://doi.org/10.1590/2526-8910.ctoEN2116

Silva, M. R., Silva, P. C., Rabelo, H. D. & Vinhas, B. C.V. (2020). A Terapia Ocupacional pediátrica brasileira diante da pandemia da COVID-19: reformulando a prática profissional. Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional, 4(3), 422-437. https://doi.org/10.47222/2526-3544.rbto34171

World Health Organization - WHO (2020). WHO announces COVID-19 outbreak a pandemic. https://www.euro.who.int/en/health-topics/health-emergencies/coronavirus-covid-19/news/news/2020/3/who-announces-covid-19-outbreak-a-pandemic




DOI: https://doi.org/10.47222/2526-3544.rbto41622

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Interinstitucional Brasileira de Terapia Ocupacional - REVISBRATO



Indexado em:

   

           

   Resultado de imagem para REDIB