Kaurna reclamation and re-introduction.

Rob Amery

Resumo


Kaurna, a língua das Planícies de Adelaide, foi atingido pelo impacto violento da colonização britânica em 1836. A língua foi sendo perdida ao longo de duas ou três décadas. Felizmente, registros escritos por missionários alemães têm permitido uma notável revitalização da língua Kaurna nos últimos
25-30 anos. Kaurna tem, hoje, uma presença audível e visível em Adelaide. O reestabelecimento da transmissão entre gerações está sendo alcançada e há uma forte demanda por professores de Kaurna nas escolas. Na Austrália, Kaurna está na frente dos esforços de revitalização, mostrando o que é possível fazer, a partir de um mínimo de registros e de recursos, para reintroduzir uma língua
adormecida que foi considerada extinta há muito tempo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: