Furando as ondas: a contribuição de falantes à margem da estrutura social para a discussão sobre o significado social da variação

Marcelo Alexandre Silva Lopes de Melo

Resumo


Este trabalho aborda a questão do estudo da avaliação social da variação a partir de resultados de estudos (produção e percepção) de uma variável sociolinguística junto a adolescentes socialmente marginalizados. A abordagem adotada difere da posição teórica assumida pelo modelo de ondas (ECKERT, 2012), em que se estabelece uma visão cindida de abordagens teóricas e metodologias usadas ao longo do tempo nos estudos sociolinguísticos. Assume-se que compreender o comportamento de indivíduos que estão à margem da estrutura social exige que se observe também o lugar que esses indivíduos ocupam na hierarquia social e a quais possibilidades formativas eles tiveram acesso.


Palavras-chave


significado social da variação; variação estilística; identidade sociolinguística.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2020.v16nEsp.a21677

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: