A aquisição da morfologia verbal no PB e a categoria de aspecto

Thais da Silveira Neves Araujo

Resumo


O objetivo do estudo é investigar os valores aspectuais e temporais relacionados aos morfemas flexionais usados em etapas iniciais de aquisição do português brasileiro (PB) como L1. Pretende-se, assim, contribuir para os estudos sobre a arquitetura da Faculdade da Linguagem, especificamente, sobre as relações de dominância entre Tempo e Aspecto. Para isso, a hipótese considerada foi a Hipótese da Primazia do Aspecto, segundo a qual, ao utilizar determinado morfema flexional nas etapas iniciais de aquisição, a criança veicula traços do aspecto semântico. A fim de acompanhar o processo de aquisição, foi utilizado no presente estudo um corpus de natureza longitudinal.

 

---

DOI: http://dx.doi.org/10.31513/linguistica.2018.v14n3a22620


Palavras-chave


aquisição, Tempo, Aspecto, português do Brasil, estudo longitudinal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: