Perguntas com sintagmas –WH adverbiais altos, cartografia e o caso das interrogativas com como assim em PB

Simone Lúcia Guesser, Raquel Sousa, Flore Kédochim

Resumo


O presente trabalho aborda perguntas com sintagmas adverbiais altos, as principais análises cartográficas para elas propostas e, na sequência, se volta para as propriedades sintáticas e interpretativas de como assim de incredulidade no Português Brasileiro (PB). Sentenças com como assim podem apresentar quatro leituras: causal, de propósito, elucidativa e de incredulidade. Assumimos que sentenças com como assim de incredulidade envolvem um operador I-REQUEST (nos termos de KRIFKA, 2012), já que não atuam como uma solicitação de informações por parte do falante, e sim solicitam uma confirmação do interlocutor sobre seu proferimento. Nesses contextos, como assim veicula, como parte de sua pragmática, uma expressão de incredulidade do falante acerca da possibilidade de o interlocutor realizar tal confirmação. Como assim de incredulidade é um Speech Act e, por isso, não pode ocorrer em contextos encaixados. Além disso, por nascer em uma posição alta, em Spec de IntP, é insensível à negação e não pode aparecer in situ.

 

---

DOI: http://dx.doi.org/10.31513/linguistica.2019.v15n3a28567


Palavras-chave


Cartografia; Interrogativas-Wh; Como Assim; Incredulidade; Speech Act.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2019.v15n3a28567

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: