Abordagem gerativa e abordagem cognitiva na formação de palavras: considerações preliminares

Margarida Basilio

Resumo


Neste artigo, discuto alguns problemas da abordagem gerativa lexicalista da formação de palavras e avalio a relevância de proposições da Linguística Cognitiva para a abordagem das construções lexicais. Inicialmente, sintetizo as principais características do modelo gerativo lexicalista e discuto alguns pontos problemáticos deste modelo. Em seguida, apresento algumas proposições da Linguística Cognitiva que apontam para direções promissoras na abordagem de construções lexicais. Finalmente, faço um pequeno confronto das duas abordagens em fragmentos de exemplos concretos de análises de formações lexicais na Língua Portuguesa.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: