Utilização de recursos tecnológicos em livros didáticos de português como ação de planejamento

Edmilson Luiz Rafael, Williany Miranda da Silva

Resumo


O trabalho em questão toma o livro didático como produto tecnológico a serviço da construção do conhecimento em situações de ensino e aprendizagem. A questão central norteadora é: Que ações relativas ao manuseio de atividades são requeridas aos docentes para utilização de recursos profissionais e tecnológicos em situações de ensino? Para tanto, a metodologia, de natureza descritivo-interpretativa, toma como corpus de análise, livros didáticos de língua portuguesa, focando as orientações dirigidas ao professor e atividades. A análise está ancorada na discussão teórica, fundamentada em contribuições da Linguística Aplicada e da Educação, sobre formação e atuação de professores quanto à mobilização de conhecimentos sobre língua/linguagem e utilização de recursos tecnológicos em planejamento de ensino e execução de atividades escolares, tendo como mediador o livro didático de português. Como resultado, constatamos que as orientações funcionam em duas direções: metodológicas e teóricas. A orientação metodológica requer ações de busca extra-disciplinares, solicitando práticas letradas digitais, enquanto a orientação teórica requer ações de estudo, para um saber de referência, solicitando práticas letradas profissionais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: