Uma análise quantitativa de rasuras ligadas à segmentação em enunciados produzidos no ensino fundamental

Tatiane Henrique Sousa Machado, Cristiane Carneiro Capristano

Resumo


Neste artigo, investigam-se rasuras ligadas à segmentação de palavras encontradas em enunciados escritos produzidos por crianças ao longo de quatro anos do Ensino Fundamental I. Essas rasuras são interpretadas como pistas de conflitos vividos pelas crianças na aquisição da escrita para identificar as fronteiras da palavra (orto)gráfica. O objetivo foi examinar se existiriam diferenças na quantidade de rasuras -- e, portanto, de conflitos -- ao longo dos anos pesquisados, considerando as variáveis: ano, quantidade de enunciados e quantidade de palavra. Foram analisadas 364 rasuras identificadas em corpus constituído por 1699 enunciados escritos.

DOI: 10.17074/2238-975X.2015v11n1p216


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31513/linguistica.2015.v11n1a4631

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



A Revista Linguítica 

é membro das seguintes associações:

Abec CrossRef

 

e está indexada nas seguintes bases de dados/catálogos/diretórios: