Educação Indígena: ensino de língua étnica, metodologia intercultural e algumas reflexões

Caroline Pereira de Oliveira

Resumo


Este artigo propõe uma reflexão acerca de atividades pedagógicas exercidas em uma escola indígena, visando não só a transmissão de conhecimento, mas também a promoção de toda uma cultura, seus valores, anseios, manifestações culturais por meio da língua e seu ensino em sala de aula. A metodologia utilizada envolve a observação participante, bem como a valorização da forma como a língua Karajá é trabalhada e exercitada por meio de atividades interculturais.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35520/diadorim.2009.v6n0a3890

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



Indexadores e bases bibliográfcias:
Google Scholar  LivRe  DRJI Base EZB  WorldCat Kubikat InfoGuide HNU 


Licença Creative Commons
A Revista Diadorim utiliza uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.