A sociologia da punição de Loïc Wacquant como abordagem crítica no campo do direito e desenvolvimento

Adriana Silva Gregorut

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo sugerir uma aproximação entre duas abordagens, a da sociologia da punição de Loïc Wacquant e a abordagem institucional de John Sutton, como chave analítica para a realidade do hiperencarceramento no Brasil. Para tanto, delimitaremos a proposta teórica de Wacquant e, em seguida, apresentaremos uma análise da crítica institucional à sua abordagem. Por fim, propomos um ensaio de como seria possível adequar ambas as abordagens para uma análise crítica do regime carcerário brasileiro que considere as particularidades locais, de forma a contribuir para o debate no campo do direito e desenvolvimento.


Palavras-chave


criminologia crítica, direito, desenvolvimento, hiperencarceramento, controle social

Texto completo:

PDF XML

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Dilemas - Revista de Estudos de Conflito e Controle Social

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

             

APOIO:    

SCImago Journal & Country Rank