Escândalo na Academia Imperial de Belas Artes: uma expulsão por manifesta desobediência

Alberto Martín Chillón

Resumo


Em 12 de dezembro de 1838, Bernardo Pereira de Vasconcelos (1795-1850), ministro interino do Império, decidiu o castigo que deveria ser imposto ao aluno de escultura da Academia Imperial de Belas Artes, Honorato Manoel de Lima, por seu descomedido procedimento e manifesta desobediência, excluíndo-o para sempre de dita Academia. Este documento se conserva, assim como a produção documental da Academia Imperial de Belas Artes, no Arquivo Histórico da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro, acervo fundamental para o estudo da arte brasileira dos séculos XIX e XX e para a história do ensino artístico no Brasil.


Palavras-chave


Academia Imperial de Belas Artes. Honorato Manoel de Lima. Escultura. História da Arte. Ensino artístico

Texto completo:

PDF

Referências


CAVALCANTI, C; AYALA, W. (Org.). Dicionário brasileiro de artistas plásticos. Brasília: MEC, INL, 1973.

CHILLÓN, A. M. A escultura e seu ofício no Brasil do Segundo Reinado (1840-1889). Rio de Janeiro: Uerj, 2017. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais, Instituto de Artes, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2017.

FERNANDES, C. V. N. Os Caminhos da Arte: O ensino artístico na Academia Imperial das Belas Artes (1850-1890). Rio de Janeiro: UFRJ, 2001. Tese (Doutorado) - Programa de Pós- graduação em História Social, Faculdade de História, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2001.

GALVÃO, A. Manuel de Araújo Porto-alegre, sua influência na Academia Imperial de Belas Artes e no meio artístico do Rio de Janeiro. Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.Rio de Janeiro, v. 14, n. 19-20, 1950.

PEREIRA, S. G. Arte, Ensino e Academia: Estudos e Ensaios Sobre a Academia de Belas Artes do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Mauad, 2016.




DOI: https://doi.org/10.24206/lh.v5i2.31134

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 LaborHistórico

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

LaborHistórico | ISSN 2359-6910

A Revista LaborHistórico da Universidade Federal do Rio de Janeiro está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.