As roupas e as mulheres no século XVIII: transcrição paleográfica do documento “Ordem régia à Mesa da Inquisição decretando que não fossem castigadas aleatoriamente as mulheres que comparecessem aos autos religiosos sem as vestimentas adequadas”

Ana Carolina Alves Caetano

Resumo


Esta transcrição tem como principal objetivo apresentar o documento Ordem régia à Mesa da Inquisição decretando que não fossem castigadas aleatoriamente as mulheres que comparecessem aos autos religiosos sem as vestimentas adequadas, e para isso deveriam ser respeitadas diversas condições, evitando assim escândalos desnecessários, datado do período da Inquisição, mais especificamente do ano 1760. O texto transcrito discorre sobre uma ordem que José I, Rei de Portugal da época, envia à Mesa da Inquisição. O manuscrito encontra-se disponível no acervo digital da Fundação Biblioteca Nacional e na Biblioteca Digital Luso-Brasileira e conta com dois fólios. A transcrição que segue foi feita a partir das normas de transcrição paleográfica presentes na obra de Berwanger e Leal (2015). Devido à importância do conteúdo do registro, acredita-se que a divulgação de uma transcrição do documento possa ser relevante para o conhecimento do texto e para o estudo em diversas áreas, tais como história, linguística, entre outras.


Palavras-chave


Paleografia. Inquisição. Mulheres. Roupas. Século XVIII.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, P. G.; QUEIROZ, J. S. de. A inquisição portuguesa e a intolerância religiosa: Os cristãos-novos e a criação do Tribunal do Santo Ofício. DIVERSIDADE RELIGIOSA , v. 8, p. 51-68, 2018.

BERWANGER, A. R.; LEAL, J. E. F. Normas Técnicas para Transcrição e Edição de Documentos Manuscritos. In: Noções de Paleografia e de Diplomática. 5ª ed. Santa Maria: Editora UFSM, 2015. p. 97-106.

FARIA, P. S. de. Os franciscanos e a Inquisição de Goa (século XVII). In: XIV Encontro Regional da ANPUH Rio, 2010, Rio de Janeiro. Anais do XIV Encontro Regional da ANPUH Rio, 2010.

TAVARES, C. C. S. ; CALAINHO, Daniela Buono . Um guia de fontes para o estudo da Inquisição portuguesa. In: REMEDÍ, Fernando. (Org.). Las fuentes documentales en la historia social latinoamericana. 1ed. Córdoba: Centro de Estudios Hirstoricos Prof Carlos Segreti, 2015, v. 1. p. 16-29.

Fonte manuscrita: http://objdigital.bn.br/objdigital2/acervo_digital/div_manuscritos/mss1352118/mss1352118_029.pdf




DOI: https://doi.org/10.24206/lh.v7i1.39951

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Ana Carolina Alves Caetano

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

LaborHistórico | ISSN 2359-6910

A Revista LaborHistórico da Universidade Federal do Rio de Janeiro está licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.