IMPORTÂNCIA DA TEMÁTICA INDÍGENA PARA A LICENCIATURA EM HISTÓRIA

Ricardo José Lima Bezerra

Resumo


Neste texto, a partir de uma pesquisa bibliográfica e da consulta a alguns dispositivos legais, procuramos apresentar a importância da Educação das Relações Étnico-Raciais, em especial o estudo da História e da Cultura Indígenas, para a formação de professores em Licenciatura em História. A partir de determinações legais, educacionais e culturais, procuramos caracterizar que o estudo desta temática contribui para a formação docente melhor qualificada para o enfrentamento de preconceitos e estereótipos na atuação docente em História na Educação Básica. Em seguida, propomos algumas contribuições educacionais serem implementadas ou ampliadas nos cursos de Licenciatura em História como estratégias para melhorar a formação sobre o estudo e a prática docente nas temáticas étnico-raciais.


Palavras-chave


Licenciatura em História, Educação das Relações Étnico-Raciais, História e Cultura Indígenas

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Maria Regina Celestino de. Os índios na história do Brasil. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2010.

BRASIL. Senado Federal. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Secretaria de Editoração e Publicações, 2015.

BRASIL, Ministério da Educação. Secretaria da Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade. Orientações e Ações para a Educação das Relações Étnico-Raciais. Brasília: SECAD, 2010.

CELLARD, André. A análise documental. In: POUPART, Jean; DESLAURIERS, Jean-Pierre; GROULX, Lionel-H.; LAPERRIÈRE, Anne; MAYER, Robert; PIRES, Álvaro. A pesquisa qualitativa: Enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis: Vozes, 2010. p. 295-316.

DANTAS, Mariana Albuquerque. Identidades Indígenas no Nordeste. In: WITTMANN, L. T. (orga.). Ensino (d)e História Indígena. Belo Horizonte: Autêntica, 2015. p. 81-115.

DUPRET, Leila; VIEIRA, Clarice. Lei 10.639/03 e formação de profissionais da educação: práticas pedagógicas, construções subjetivas e impactos de mercado. In: CARVALHO, Carlos Roberto de; NOGUERA, Renato; SALES, Sandra Regina (orgs.). Relações Étnico-Raciais e Educação: contextos, práticas e pesquisas. Rio de Janeiro: NAU Editora: EDUR/UFRJ, 2013. p. 49-62.

IMBERNÓN, Francisco. Formação Docente e Profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

FUNARI, Pedro Paulo; PIÑON, Ana. A temática indígena na escola: Subsídios para professores. São Paulo: Contexto, 2011.

FONSECA, Selva Guimarães. Fazer e Ensinar História. Belo Horizonte: Dimensão, 2009.

OLIVEIRA, João Pacheco de; FREIRE, Carlos Augusto da R. A presença indígena na formação do Brasil. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria da Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade; LACED; Museu Nacional, 2006.

OLIVEIRA, Maria Marly de. Como fazer pesquisa qualitativa. 3. ed. Petrópolis: Vozes, 2010.

OLIVEIRA, Otair Fernandes de; MACHADO, Elielma Ayres. Ação afirmativa como política de estado no Brasil: considerações sobre a obrigatoriedade do ensino de histórias e culturas africanas, afro-brasileiras e indígenas na educação básica. In: CARVALHO, Carlos Roberto de; NOGUERA, Renato; SALES, Sandra Regina (orgs.). Relações Étnico-Raciais e Educação: Contextos, práticas e pesquisas. Rio de Janeiro: NAU Editora: EDUR/UFRJ, 2013. p.195-207.

SILVA, Aracy Lopes da; GRUPIONI, Luis Donizete Benzi. (orgs.). A temática indígena na escola: Novos subsídios para professores de 1º e 2º graus. Brasília, MEC; MARI; USP, 1995.

SILVA, Edson Hely. Os povos indígenas na sala de aula. Recife: Blog Gominhos de História, 2009. Disponível em: . Acesso em 02 abr. 2017.

SILVA, Giovani José da. Ensino de História Indígena. In: WITTMANN, L. T. (orga.). Ensino (d)e História Indígena. Belo Horizonte: Autêntica, 2015. p. 21-46.

WITTMANN, Luisa Tombini (orga.). Ensino (d)e História Indígena. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v12i25.11957

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.