ONDE FICA A CASA DE MEU AMIGO? UMA REFLEXÃO ILUMINADA PELA PROPOSTA PEDAGÓGICA DE A HIPÓTESE-CINEMA

Bruno Bahia

Resumo


O presente trabalho procura tecer uma breve reflexão sobre o filme Onde fica a casa de meu amigo?, de Abbas Kiarostami, sob a ótica pedagógica de Alain Bergala em seu livro A hipótesecinema. O referido filme compõe a coleção de DVD's L'Éden Cinéma, que serviu como um dos exemplos de como trabalhar alguns planos no ensino de artes [cinema] na escola. O texto que se apresenta subdivide-se em cinco partes: o livro de Bergala, a relação entre a escola e o cinema, o filme de Kiarostami, a entrevista que Bergala faz com Kiarostami veiculada na coleção L'Éden Cinéma, e a tentativa de síntese dos três momentos anteriores.

Palavras-chave


Hipótese-cinema. Cinema na escola. L'Éden Cinéma.

Texto completo:

PDF

Referências


BAHIA, B. Imagem: da infância ao cinema ou do cinema à infância. In: FRESQUET, A. M. (org.). Imagens do cinema na escola e na cinemateca. Rio de Janeiro: Booklink; Cinead-Lise-FE/UFRJ, 2009, pp. 164-169.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BENJAMIN, W. Reflexões sobre a criança, o brinquedo e a educação. São Paulo: Duas Cidades/Ed. 34, 2002.

BERGALA, A. A hipótese-cinema. Tradução de Mônica Costa Netto e Silvia Pimenta. Rio de Janeiro: Booklink; Cinead-Lise-FE/UFRJ, 2008.

BERGALA, A. L'hypothèse-cinéma: Petit traité de transmission du cinéma à l'école et ailleurs. Paris: Cahiers du Cinema, 2002.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v5i9.1602

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.