Alfabetização: ler e escrever através do projeto “Aprendendo a conviver na escola”

Aline do Nascimento Araújo Gonçalves do Nascimento Araújo Gonçalves, Neudiane Moreira Felix Moreira Felix, José Wanderley Santos Chagas Santos Chagas, Evaneide Dourado Martins Dourado Martins, Lídia Azevedo de Menezes Rodrigues de Menezes Rodrigues

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão sobre educação de valores, com resultados de uma investigação com objetivo de analisar as contribuições que o projeto “Aprendendo a conviver na escola - leitura, escrita e valores” Pibid/UVA/Pedagogia/2014, realizado na E.E.I.F. Antônio Benício de Vasconcelos, proporcionou às crianças do 1º, 2º e 3º ano, em relação à aprendizagem de leitura, escrita e de valores. O estudo se baseia nos autores, Martins (2005), Zabalza (2000), Trevisol (2009). Fez-se um estudo de caso, com abordagem qualitativa, com uma entrevista semiestruturada com professores e roda de conversa com os alunos. A partir da pesquisa constatou-se que o projeto contribuiu significativamente para a aprendizagem das crianças em relação à leitura, escrita e valores.


Palavras-chave


Educação. Projeto. Aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Referências


BONI, V.; QUARESMA, S. J. Aprendendo a entrevistar: como fazer entrevistas em Ciências Sociais. Em Tese, v. 2, n. 1, p. 68-80, 2005.

BRASIL, Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional-- LDB. Lei Darcy Ribeiro nº 9.394/96. Brasília-1998.

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: apresentação dos temas transversais, ética / Secretaria de Educação Fundamental. -- Brasília: MEC/SEF, 1997.

CUNHA, A. E. Afeto e Aprendizagem, relação de amorosidade e saber na prática pedagógica. Rio de Janeiro: Wak 2008.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. 17.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1980.

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 13. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 3.ed. São Paulo: Atlas,1991.

Histórico do PIBID. Disponível em Acesso em 12. Dez.2017.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A.. Metodologia Científica. 2. ed. São Paulo, Atlas,1995.

MARTINELLI, S. de C. Dificuldades de Aprendizagem no Contexto Psicopedagogia, Petrópolis, RJ: Vozes, 2005.

MARTINS, Vicente. A prática de valores na escola, 2005. Disponível em Acesso em: 14.nov.2017.

NOLTE, D. L.; HARRIS, R. As crianças aprendem o que vivenciam. 5. ed. Rio de Janeiro: Sextante, 2003.

PARRAT-D. S. Como enfrentar a indisciplina na escola. São Paulo: Contexto, 2008.

RUDIO, F. V.. Introdução ao Projeto de Pesquisa Científica. 18. ed. Petrópolis: Vozes, 1995.

SALTINI, C. J.P. Afetividade e Inteligência. Rio de Janeiro: Wak, 2008.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 10.ed.rev.Campinas, SP: Autores Associados, 2008.

TEBEROSKY, A. Aprender a ler e escrever: uma proposta construtivista. Porto Alegre: 2003.

TREVISOL, M. T. C. Tecendo os sentidos atribuídos por professores do ensino fundamental ao médio profissionalizante sobre a construção de valores na escola. In.: LA TAILLE, Yves de; MENIN, Maria Suzana De Stefano et al (Org.). Crise de valores ou valores em crise? Porto Alegre: Artmed, 2009.

ZABALZA, M. Como educar em valores na escola. Revista Pátio Pedagógica. Ano 4,nº 13, mai/jul. 2000.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v13i27.16152

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.