Gêneros textuais na alfabetização: explorando poemas e cordéis

Ana Cristina da Silva Rodrigues, Lisiane Fernanda de Moraes Guilardi Paiva

Resumo


O presente artigo tem como objetivo reafirmar a importância da leitura em sala de aula, através do desenvolvimento do trabalho com diferentes gêneros textuais, dando destaque aos poemas e cordéis de artistas locais. Para compreender como ocorre este trabalho em sala de aula, foi realizado um estudo de caso com aplicação de questionários com os professores titulares das turmas de anos iniciais, além do suporte bibliográfico para a análise do tema. Os dados coletados foram analisados através da análise de conteúdo. Como conclusões se destacam a realização de poucos trabalhos com artistas locais, além da necessidade da revisão do trabalho com poemas e cordéis no processo de alfabetização com propostas de formação docente.

Palavras-chave


ensino da leitura, literatura de cordel, ensino da escrita

Texto completo:

PDF

Referências


AVERBUCK, L. M. A poesia e a escola. In: ZILBERMAN, R. (org). Leitura em crise na escola: As alternativas do professor. 9. ed. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1988.

BAMBERGER, R. Como incentivar o hábito de leitura. São Paulo: Ática, 1997.

______. Como incentivar o hábito de leitura. 5. ed. São Paulo: Ática, 1997.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRASIL. Lei nº 9.394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Poder Legislativo, Brasília, DF, 23 dez. 1996. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2017.

______. Parâmetros Curriculares nacionais: Língua Portuguesa. Brasília: MEC/SEF, 1997.

______. Parâmetros Curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos: Língua Portuguesa. Brasília: MEC/SEF, 1998.

COSSON, R. Letramento literário: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2009.

CUNHA, Leo. Poesia para crianças: conceitos, tendências e práticas. Curitiba: Piá, 2012.

DIÉGUES JR, M. Literatura de cordel. 2. ed. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura, 1997.

FREIRE, Paulo. A Importância do Ato de Le rem Três Artigos que se Completam . São Paulo, Cortez Editora, 1997, 26ª Edição.

GOLDENBERG, Mirian. A Arte de Pesquisar: Como fazer pesquisa qualitativa em Ciências Sociais. Rio de Janeiro: Record, 2005.

KLEIMAN, A. B. (Org.). A formação do professor: perspectivas da Linguística Aplicada. Campinas: Mercado de Letras, 2001, p. 39-68.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa: planejamento e execução de pesquisas, amostragens e técnicas de pesquisa, elaboração, análise e interpretação de dados. São Paulo: Atlas, 2010.

MARCUSCHI, L. A. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. In: DIONISIO, A. P.; MACHADO, A. R.; BEZERRA, M. A. (Orgs.). Gêneros textuais & ensino. 4. ed. Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2002 .

MARINHO, A. C.; PINHEIRO, H. O cordel no cotidiano escolar. São Paulo: Cortez, 2012.

RAMOS, F. B. A poesia infantil a caminho da emancipação: lendo Capparelli pelo olhar da infância. In: ZINANI, C. J. A.; SANTOS, S. R. P. (Orgs.). Multiplicidade dos signos: diálogos com a literatura infantil e juvenil. Caxias do Sul: Educs, 2004.

RESENDE, V. M. Literatura Infantil e Juvenil. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 1997.

SOARES, M. Letramento: um tema em três gêneros. Autêntica, Belo Horizonte, 1998.

SOARES, M. Letramento e Escolarização. In: RIBEIRO, V. M. (Org.). Letramento no Brasil. São Paulo: Global, 2004.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 2010.

ZILBERMAN, R. A literatura infantil na escola. 11. ed. rev. Atualizada e ampliada. São Paulo: Global, 2003.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v13i26.16622

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.