APROPRIAÇÕES DA CONCEPÇÃO EDUCACIONAL DE PAULO FREIRE NA EDUCAÇÃO AMBIENTAL: UM OLHAR CRÍTICO

Juliana Rezende Torres, Sylvia Regina Pedrosa Maestrelli

Resumo


O vasto campo da Educação Ambiental encontra-se em processo de construção de seus referenciais teórico-metodológicos, e o legado freireano é reconhecidamente um possível aporte para a vertente de Educação Ambiental Crítica. Contudo, nem sempre os fundamentos educacionais freireanos mencionados nos estudos de EA estão em sintonia com a concepção de Educação Libertadora de Paulo Freire, a qual se caracteriza pelo processo de investigação e redução de temas geradores. Nesse sentido, o presente estudo busca apresentar um panorama das apropriações da concepção educacional freireana no contexto da Educação Ambiental (especialmente a escolar). Das análises realizadas conclui-se que a concepção educacional freireana ainda é pouco conhecida e explorada em sua potencialidade de efetivação das dimensões pesquisa e ação em EA (escolar). Diante dessa constatação sugere-se a Abordagem Temática Freireana como concepção curricular em EA.

Palavras-chave


articulações teóricas em Educação Ambiental; pesquisa empírica em Educação Ambiental; abordagens teórico-metodológicas de Educação Ambiental.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDREOLA, B. A. Paulo Freire e a Ecologia: carta ao professor Sírio Lopez Velasco. In: Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental. Rio Grande, v. 10, p. 01-09, 2003.

AULER, D; DALMOLIN, A. M. T.; FENALTI, V. S. Abordagem Temática: natureza dos temas em Freire e no enfoque CTS. In: Alexandria Revista de Educação em Ciência e Tecnologia. v.2, n.1, p.67-84, mar. 2009.

BRASIL. Interdisciplinaridade no Município de São Paulo. Série Inovações Educacionais. Brasília: INEP/MEC, 1994.

BRASIL. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos: apresentação dos temas transversais. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Lei 9.795: Política Nacional de Educação Ambiental. República Federativa do Brasil, 1999.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v7i14.1674

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.