OS ANOS INICIAIS DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO DA UFRJ: A ERA DA IMPROVISAÇÃO

Fabiana de Moura Maia Rodrigues

Resumo


A presente pesquisa tem como foco o curso de pedagogia durante o período da Ditadura Militar (1964-1985), privilegiando estudos referentes às reformas educacionais e suas conseqüências no referido curso. A materialidade das mudanças propostas pelas reformas está sendo investigada na Faculdade Nacional de Filosofia, que a partir de 1969 se desmembrou e deu origem à Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro. As transformações decorrentes das reformas educacionais impactaram esse locus de formação com consequências até os dias atuais. O presente trabalho busca avançar com os estudos sobre a formação docente no curso de pedagogia durante o regime militar.

Palavras-chave


formação de professores, curso de Pedagogia, história da educação.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Decreto-Lei nº 53 de 18 de novembro de 1966. Fixa princípios e normas de organização para as Universidades Federais e da outras providências.

BRASIL. Decreto Lei nº 252 de 28 de fevereiro de 1967.

Estabelece normas complementares ao Decreto-Lei nº 53 de 18 de novembro de 1966, e da outras providências.

BRASIL. Lei nº 5.540 de 28 de novembro de 1968. Fixa Diretrizes e Bases para o ensino superior.

BRASIL. Lei nº 5.692 de 11 de agosto de 1971. Fixa Diretrizes e Bases para o ensino de 1º e 2º graus, e da outras providências.

BRASIL/MEC. Inquérito especial sôbre exames vestibulares, 1964.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v8i15.1688

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.