Alfabetização inicial e continuada: oralidade, leitura, escrita e análise linguística

Ludmila Thomé de Andrade

Resumo


Neste texto pretendemos refletir acerca do ensino de língua portuguesa, mais especificamente do ensino da língua escrita no processo de alfabetização, buscando delinear uma pauta para o ensino desta língua materna, que se inicia antes e continua depois do período escolar designado para a alfabetização do sujeito aprendente, indo além inclusive dos muros da escola. A partir dessa ideia, pensa-se no trabalho escolar com a língua realizado entre docentes e discentes correndo em três eixos: oralidade, leitura e escrita, as modalidades da linguagem verbal que têm suas especificidades, mas que, no trabalho de ensino da língua na escola e nos planejamentos de professores dos anos iniciais da Educação Básica, são naturalmente hibridizados.


Palavras-chave


alfabetização, formação de professores, análise linguística

Texto completo:

PDF

Referências


ABAURRE, M. B. et al. Cenas de aquisição de escrita. Campinas, SP: Mercado de Letras, 1997.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec, 1988.

BAKHTIN, M. Questões de estilística no ensino da língua. São Paulo: Ed. 34, 2013.

BATISTA, A. A. Alfabetização, leitura e ensino de português: desafios e perspectivas curriculares. Revista Contemporânea de Educação, n. 12, p. 246-272, 2011.

BUNZEN, C. dos S. Dinamicidade e eventos de letramento na sala de aula: reflexões sobre usos do caderno escolar. In: COLÓQUIO INTERNACIONAL LETRAMENTO, CULTURA E ESCRITA, 5., 2014, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: UFMG, 2014.

CORREA, M. L. G. O modo heterogêneo de constituição da escrita. São Paulo: Martins Fontes, 2004. >. Acesso em: 13 jun. 2018.

FREIRE, P. A importância do ato de ler. São Paulo: Cortez, 1989.

GERALDI, J. W. Portos de passagem. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

KATO, M. No mundo da escrita: uma perspectiva psicolinguística. São Paulo: Ática, 1986.

KLEIMAN, A. Texto e leitor: aspectos cognitivos da leitura. Campinas, SP: Pontes, 2002.

KLEIMAN, A. Oficina de leitura. Campinas, SP: Pontes, 1998.

KLEIMAN, A. Leitura: ensino e pesquisa. 2. ed. Campinas, SP: Pontes, 1996.

POSSENTI, S. Por que (não) ensinar gramática na escola. Campinas, SP: Mercado de Letras, 1996.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v14i29.17132

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Contemporânea de Educação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.