ESTRATÉGIAS DE APRENDIZAGEM UTILIZADAS POR ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS COM E SEM INDÍCIOS DO TRANSTORNO DE DÉFICIT DE ATENÇÃO E HIPERATIVIDADE

Paola Zanotti Epifanio, Priscila Barbosa Prates Coloma, Rafaela Almeida Feitosa, Julia Dias Andrade Sgrancio, Monique Falcão Zuccarello Lôbo, Simone Chabudee Pylro

Resumo


O TDAH é uma desordem que pode afetar diferentes aspectos do desenvolvimento ao longo da vida. Considerando que tal transtorno pode interferir no desempenho acadêmico, esta pesquisa objetivou identificar as principais estratégias de aprendizagem utilizadas por universitários com e sem indícios de TDAH. A amostra contou com 202 estudantes de dois cursos de uma instituição de ensino superior de Vitória/ES. Os instrumentos utilizados foram a Escala Adult Self Report Scale e a Escala de Avaliação de Estratégias de Aprendizagem. Os resultados apontaram incidência de 21,3% de alunos com indícios de TDAH e as estratégias utilizadas pelos dois grupos foram similares.

Palavras-chave


TDAH; estratégias de aprendizagem; universitários

Texto completo:

PDF

Referências


AMERICAN PSYCHIATRY ASSOCIATION. Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders (DSM IV- TR, 4 th ed. rev.). Porto Alegre: Artmed, 2002.

ANDRADE, Cristiane Ruth Mendonça de et. al. Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Revista Médica de Minas Gerais, v. 21, n. 4, p. 455-464, 2011.

ANDRADE, Ênio Roberto de; e SCHEUER, Claudia. Análise da eficácia do metilfenidato usando a versão abreviada do questionário de conners em transtorno de déficit de atenção/hiperatividade. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, v. 62, n. 1, p. 81-85, 2004.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DÉFICIT DE ATENÇÃO. Rio de Janeiro, 2004.

Disponível em: http://www.tdah.org.br/. Acesso em: 4 maio 2011.

AZAMBUJA, Luciana Schermann. Bateria neuropsicológica para adultos com TDAH. 1- 7. Disponível em http://www.psicologia.pt/artigos/textos/A0512.pdf, 2009. Acesso em: 1 setembro 2011.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v9i17.1720

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.