Tramas instituintes do estágio supervisionado curricular no Espírito Santo

Conteúdo do artigo principal

Vilmar Jose Borges
Regina Celi Frechiani Bitte

Resumo

O presente artigo é parte integrante do nosso projeto de pesquisa intitulado “Memórias do Estágio Supervisionado Curricular nas Licenciaturas em Ciências Humanas da UFES: O Instituinte e o Instituído”, que tem sua gênese em nossa própria forma(atua)ação docente. Objetivamos nesse artigo fazer um resgate histórico da institucionalização dos cursos de formação docente no Espírito Santo, abordando desde a criação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras até os dias atuais. E, ainda, envolver e entrelaçar, nessa tessitura, os fios da legislação educacional brasileira, no que tange à formação docente, especificamente à Prática de Ensino e ao Estágio Supervisionado Curricular. Nosso intuito será o de destacar rupturas, permanências e desafios postos pelos “instituintes” na formação de professores da Universidade Federal do Espírito Santo – UFES.

Detalhes do artigo

Seção
Artigos
Biografia do Autor

Vilmar Jose Borges, Universidade Federal do Espírito Santo

Professor Adjunto do Centro de Educação da UFES. Doutor em Educação Escolar. Linha de Pesquisa: História Oral, Formação Docente e Estágio Supervisionado Curricular.

Regina Celi Frechiani Bitte, Universidade Federal do Espírito Santo

Professora Adjunto do Centro de Educação da UFES. Doutora em Educação. Linha de Pesquisa: Educação para o Patrimônio, Formação Docente e Estágio Supervisionado Curricular