ETNOGRAFANDO A PRÁTICA DO SKATE: ELEMENTOS PARA O CURRÍCULO DA EDUCAÇÃO FÍSICA

Marcos Garcia Neira

Resumo


Inspirada nos estudos culturais e no multiculturalismo crítico, a Educação Física culturalmente orientada interroga os marcadores sociais presentes nas práticas corporais eleitas como objeto de estudo. Dentre várias atividades didáticas, a etnografia é um importante recurso pedagógico para a análise da manifestação a ser tematizada nas aulas. O presente artigo descreve a etnografia da prática do skate em uma praça localizada na região central da cidade. Os resultados evidenciam rituais, técnicas adotadas, relacionamentos e costumes. Uma vez reveladas, tais características podem transformar-se em conteúdos de ensino do componente.


Palavras-chave


Educação Física, cultura, etongrafia

Texto completo:

PDF

Referências


AMÉSTICA, M. C. et al. El skate urbano juvenil: una práctica social y corporal en tiempos de la resignificación de la identidad juvenil chilena. Rev. Bras. Cienc. Esporte, Campinas, vol. 28, n.º 1, pp. 39-53, 2006.

BHABHA, H. O local da cultura. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1998.

CAILLOIS, R. Los juegos y los hombres: la máscara y el vértigo. México: Fondo de Cultura Económica, 1986.

CANDAU, V. M. Multiculturalismo e educação: desafios para a prática pedagógica. In: MOREIRA, A. F.; CANDAU, V. M. (orgs.) Multiculturalismo: diferenças culturais e práticas pedagógicas. Petrópolis: Vozes, 2008. p. 13-37.

CORAZZA, S. M. Diferença pura de um pós-currículo. In: LOPES, A. C.; MACEDO, E. (Orgs.). Currículo: debates contemporâneos. São Paulo: Cortez, 2010.




DOI: https://doi.org/10.20500/rce.v9i18.1861

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



         


RCE, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. ISSN 1809-5747

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.